A importância do tempo

Talvez precise ler mais para escrever melhor. Ou registrar, de algum modo, aquele pensamento pronto, assim que o tiver, pois, como a vida é feita de momentos, os sonhos, as vontades, os estalos são muito rápidos. Não se pode perder tempo.
Não se deve tentar dominar o tempo.
Mas, se o tempo é intocável, o que fazer?
Não deve se esconder.
Não pode deixar passar… tudo o que te toca, que te faz transbordar sentimentos:

O abraço de ternura da mãe,
o cumprimento reservado do pai e o o abraço carinhoso dos irmãos;

O interesse de um amigo em saber como está,
a brincadeira que tenta te animar,
o comentário inusitado que te surpreende e a boa notícia que te revigora;

E o toque entre você e aquela pessoa que te faz parar no tempo?
Naquele abraço que transpassa qualquer dimensão e chega até seu coração…?

Se você pensar muito, perderá tempo.

Sinta o intocável e toque quem te faz sentir.

Na verdade, não é preciso ler muito para entender que isso é o que move nossa vida.

O legal mesmo é ter o tempo e um motivo para escrever.

Poesia à brasileira

Nessa imensa terra verde,

o professor dizia que haviam vários Brasis,

feita de BR’s que cortam o país

onde moram azuis e amarelos

 pretos e brancos

com a alegria de saber ser feliz. 

Com sabor de chocolate e cheiro de chuva

vejo um arco-iris lá no fim da rua,

é a bandeira da esperança que retorna há terra verde, a terra sua.

Um texto, que saiu assim…

Quero escrever sem o compromisso de ter de agradar ninguém.

Escrever que aquela história de que “em casa de ferreiro, espeto de pau” é muita verdade!

Fico na net o dia todo, o tempo todo navegando em busca de novidades e por meio de informações formar meu conceito, adquirir o conhecimento que tão poucos conseguem capturar.

A internet é mesmo algo impressionante e de inumeráveis possibilidades. Uma multiplatarforma abastecida por todas opiniões diferentes que possam existir e das opiniões iguais também, formando grupos, listas, comunidades.

Há todo tempo sofremos influências e influenciamos, como bons publicitários que todos nós somos. Queremos que conheçam o nosso ponto de vista e encontrar os que pensam da mesma forma. Perfis e mais perfis são feitos para que nos encontrem em meio há tantas redes – sempre caímos numa delas. Nossas fotos estão num mar intenso de conteúdo, onde nuvens pairam sobre nossas cabeças, as vezes, sem nos darmos conta.

Fato é que, está tudo muito escuro num ambiente tão claro que é a internet, onde contamos nossa vida. Engraçado como tudo se confunde, como pode ser tão distante uma coisa da outra e estar tão perto, tão conectado.

Vou agora conversar com meus seguidores, com minhas conexões, com meus amigos… que daqui a pouco estarão ao meu lado na faculdade mesmo, mas que as vezes passamos sem nos falar.

Lembre-se… tão perto e tão longe. Nós damos linha ou deixamos levar.